Blog da Focco
Acompanhe as novidades, informações
e curiosidades relacionadas à Focco.

FoccoERP evolui na Versão 3.17


banner blog focco

A Focco está liberando a versão 3.17 com funcionalidades que permitem estar atualizadas frente as mudanças promovidas pelo Fisco, melhorias de produtos que permitem ganhos de produtividade e acuracidade das informações de forma a aumentar a competitividade de seus clientes.

 Baixe agora o  Guia de Atualização FoccoERP 3.17

 

Atualização no FoccoCT-e

cte

O objetivo desta novidade é o de adaptar o conhecimento de transporte eletrônico – o FoccoCT-e – para a versão 3.0, e desta forma, atender a legislação. Isso porque, a versão atual 2.0, deixará de funcionar a partir de dezembro deste ano.

Entre os benefícios que esta atualização trará, destaca-se o fato de que irá diminuir a quantidade de informações necessárias a serem preenchidas ao conhecimento de transporte eletrônico.

Confira as principais funcionalidades desta novidade:

  • Incluídas informações referentes a unidades de carga/transporte com lacres;
  • Geração do XML na versão 3.00.

 

Atualizações no MDF-e

Para atender a legislação e a continuidade de emissão de manifesto de documentos fiscais eletrônicos é que a Focco irá atualizar o processo de geração do XML do MDF-e do FoccoERP para a versão 3.0. Isso porque a versão atual 1.0 deixará de funcionar a partir de outubro deste ano.

Desta forma, o módulo MDF-e contará com as seguintes funcionalidades:

  • Cadastro de Regras de Seguro (FFAT0124).
    • Incluídas informações referentes a Seguro, CIOT e Produtos Perigosos.
  • Geração do XML na versão 3.00.

 

Atualizações no Bloco K

O FoccoERP já contempla todos os 17 registros do Bloco K do SPED Fiscal conforme a versão 2.0.19 de 05/05/2016. Porém o fisco postergou a exigência da maioria dos mesmos, desta forma somente 5 registros são obrigatórios, sendo que os demais serão indispensáveis conforme cronograma por segmento de mercado.

Além de atender as exigências legais, várias aplicações foram melhoradas com o objetivo de facilitar a operação diária das empresas e registrar as informações necessárias para a geração do Bloco K, proporcionando maior acuracidade de quantidade e valores de estoque. Também foram feitas melhorias de usabilidade que proporcionam agilidade nos processos de reclassificação, desmontagem e apontamento de retrabalho, refugos e rejeição de materiais.

O objetivo foi o de melhorar as atividades operacionais e de gestão de refugos e retrabalhos no processo fabril e dos itens reclassificados ou desmontados na área de logística. Isto vem a auxiliar na acuracidade dos estoques, pois pode-se requisitar e entregar materiais e componentes realmente nas situações que ocorreram na fábrica ou na logística.

Além das melhorias quantitativas também irá gerar ganhos em relação a correta destinação dos valores envolvidos na operação, garantindo maior assertividade na determinação do custo médio dos produtos e do CPV.

Entenda as melhorias no processo de apontamento de produção, retrabalho e desmontagem de produtos:

No ambiente de fabricação de uma empresa existem situações presentes no chão de fábrica que não são do processo padrão de produção, podemos citar o fato da empresa necessitar rejeitar peças que não podem ser restauradas, rejeitar matérias primas que não atendem as especificações necessárias para serem utilizadas no processo fabril, retrabalhar peças que apresentam inconformidades, mas possíveis de serem recuperadas, bem como as demandas necessárias para executar tais atividades.

Diante deste quadro foram implementadas melhorias no processo de apontamento de produção com o objetivo de controlar a incidência de tais situações e dar destinação a estes casos.

No caso de retrabalho o usuário poderá indicar quais os materiais consumidos ou agregados ao produto no processo de retrabalho. Em termos de peças refugadas é comum o reaproveitamento de alguns componentes, então também existirá a possibilidade de devolver tais componentes ao estoque, o que não for aproveitável poderá ser destinado à sucata.

Para situações onde o operador inspeciona a matéria prima que foi disponibilizado para a área fabril e identifica que o material não está de acordo, o mesmo poderá realizar a devolução da mercadoria afim de receber matéria prima adequada.

O processo de reclassificação e desmontagem também foram melhorados, podendo agora realizar a desmontagem com base na ordem de fabricação, pois os componentes utilizados no produto fabricado nesta ordem podem ser diferentes da estrutura padrão. Assim como foram contemplados os impactos quanto a diferença de valores entre o produto a ser desmontado e os itens resultantes da desmontagem.

Veja como ficaram algumas telas:

 

Agilidade na importação do IntegraNF-e

O processo de importação de Nota Fiscal Eletrônica se tornou agora muito mais fácil e ágil, pois foram realizadas diversas melhorias no IntegraNF-e. A partir de agora é possível salvar as informações pendentes de uma importação e poder vincular um item do XML à vários pedidos de compras ou à várias notas fiscais de saída em uma devolução.

Outra vantagem com esta melhoria é que as regras de validação dos impostos do XML, antes fixas, agora podem ser editadas pelo usuário para que se adaptem melhor à realidade do cliente. Também foram feitas melhorias nas tolerâncias de quantidades e preços unitários de Pedidos de Compra e na geração de parcelas e vencimentos de Notas de Entrada.

O produto permite também configurar ações proativas em relação as negociações de compra, a partir do recebimento do arquivo XML emitido contra empresa, o sistema poderá verificar, com base no pedido de compra, se existem divergências de valores ou quantidades em relação a nota emitida pelo fornecedor, existindo tais divergências pode ser configurado o envio de e-mails ao comprador da empresa e ao representante do fornecedor, desta forma, antes de realizar o transporte da mercadoria ações de correções podem ser tomadas.

Veja como ficaram algumas telas do IntegraNF-e:

 

Assista ao vídeo que mostra as melhorias no IntegraNF-e

Integração com ferramentas CAD

A partir de agora o FoccoERP conta com uma nova ferramenta acoplada diretamente as ferramentas CAD TopSolid e Solidworks que acessa de forma independente as informações dos projetos e permite a atualização diretamente no sistema FoccoERP.

O objetivo deste produto é ser capaz de acessar a estrutura de dados de cada ferramenta de projeto, realizando a extração das informações que compõem cada conjunto de montagem ou cada desenho separadamente. Esta lista de itens (desenhos) e suas propriedades permitirá gerar automaticamente novos produtos e sua estrutura de materiais diretamente na base de dados do FoccoERP.

Como utilizar

Através deste produto o projetista poderá concentrar seu esforço realmente no projeto que está sendo construído, já que a interface permitirá que as informações da ferramenta CAD sejam atualizadas diretamente no FoccoERP, evitando com isto a produção de itens a partir de dados desatualizados.

Esta aplicação também permitirá a redução do tempo entre a concepção de um produto e a disponibilização das informações necessárias para a produção do mesmo pelo setor fabril.

Veja as vantagens desta funcionalidade

  • Diminui o trabalho operacional de cadastramento de Produtos e Estruturas.
  • Redução do tempo entre a liberação do projeto pela área de engenharia e o cadastramento manual no FoccoERP.
  • Garante a acuracidade das informações entre a ferramenta CAD e o FoccoERP.
  • Permite que o projetista tenha uma melhor visão dos impactos de uma alteração de um produto nos cadastros de Produto e na Estrutura de Produto do FoccoERP.

Confira as principais funcionalidades

  • Configuração do ambiente
  • Configuração de tradução entre o FoccoERP e a ferramenta CAD
  • Permitir reservar código de itens no FoccoERP;
  • Visualização da estrutura do produto construído na ferramenta CAD e seu comparativo com o FoccoERP e as diferenças existentes;
  • Exportar e atualizar as informações do CAD diretamente na base de dados do FoccoERP.

Veja algumas telas do produto:

 

Assista vídeos explicativos de como utilizar:

 

Mais segurança do banco de dados

A partir de agora o administrador de TI, usuário do FoccoERP, pode garantir que o banco de dados de seu ambiente de produção fique menos vulnerável a paradas e ganhe a possibilidade de gerenciar e distribuir o processamento de dados entre eles. Isso porque o FoccoERP passa a suportar a instalação do banco de dados Oracle com a feature Real Application Cluster (RAC) ativa, o que proporcionará escalabilidade horizontal e alta disponibilidade.

 

Novo Portal para sugerir melhorias 

Foi disponibilizada aos clientes dos produtos da Focco a possibilidade de manifestar a relevância para sua empresa de cada  uma das sugestões de melhorias cadastradas por todos os clientes através de votação.

As empresas deverão votar no que realmente é importante para o negócio da organização afim de evitar que votações genéricas aumentem a relevância de melhorias que não tragam reais benefícios para a empresa.

O objetivo é melhorar a assertividade entre as reais necessidades dos clientes e as implementações de melhorias que estão sendo realizadas nos produtos Focco.

Algumas telas da aplicação:

 

Assista o vídeo que mostra como utilizar o Portal de Votações:

 

Baixe agora o  Guia de Atualização FoccoERP 3.17

 


Nossas soluções
para o seu negócio

[carousel-horizontal-posts-content-slider]